Escola Magdalena Pisa, em Itapemirim, será de tempo integral em 2022

Escola Magdalena Pisa, em Itapemirim, será de tempo integral em 2022
Redação Dia a Dia

O município de Itapemirim aderiu ao Programa de Escola em Tempo Integral do Governo estadual e terá a sua primeira escola nessa modalidade de ensino em 2022.

É a unidade educacional Magdalena Pisa, em Itaipava, após adesão da Prefeitura de Itapemirim ao Programa Capixaba de Fomento à Implementação de Escolas em Tempo Integral (Proeti), que se fundamenta na multidimensionalidade dos sujeitos.

Nessa abordagem são considerados todos os aspectos do processo de ensino-aprendizagem, garantindo interações e estratégias para o desenvolvimento não apenas intelectual, mas também social, emocional, físico e cultural.

A escolha da unidade educacional Magdalena Pisa, se deu em função de a escola possuir condições físicas adequadas para a implantação de ensino de tempo integral, com espaços para instalação de laboratórios, salas amplas e estruturadas, bem como quadra poliesportiva e refeitório para o atendimento dos alunos nos períodos matutino e vespertino.

O objetivo da escola em tempo integral é atender o mundo atual, centrado não apenas no conhecimento científico tradicional, mas alinhar o aprendizado ao desenvolvimento das habilidades socioemocionais do sujeito a fim de prepará-lo para o convívio social, respeito às diferenças, abertura para o novo, dentre outras ações a serem incorporadas no processo de ensino-aprendizagem.

Para a secretária municipal de Educação, Viviane da Rocha Peçanha, os conteúdos pedagógicos devem ser articulados aos saberes dos alunos e comunidades, de maneira a dialogar com as diferentes linguagens.

“Tudo isso resulta em experiências formativas que envolvem e integram o conhecimento do corpo, das emoções, das relações e códigos socioculturais”, pontuou.

O Proeti prevê o repasse direto aos municípios no valor de R$ 3 mil por estudante ao ano, durante um período de três anos.

Ultimas Notícias
Ultimas Notícias