Flanelinhas serão reaproveitados no novo estacionamento rotativo, diz prefeitura

Flanelinhas serão reaproveitados no novo estacionamento rotativo, diz prefeitura
Alessandro Araujo de Paula

Com a implantação do novo estacionamento rotativo, previsto para entrar em funcionamento até meados do ano que vem, os flanelinhas, que atualmente vem atuando nas áreas centrais da cidade, deverão ser aproveitados pela empresa que irá administrar o sistema.

O processo para contratar a empresa já está em andamento. O aviso de licitação foi publicado no dia 21 e os envelopes com as propostas das firmas participantes serão abertos no dia 9 de janeiro, às 10 horas.

De acordo com o secretário de Desenvolvimento Urbano, Jonei Santos Petri, está previsto no edital que a empresa vencedora “irá convidar os flanelinhas para que, caso queiram aderir ao quadro de funcionários, façam cadastro e treinamento”.

A proposta é que eles atuem, junto com os demais funcionários, na operação do sistema, orientando usuários e vendendo os bilhetes, além de auxiliar o trabalho dos agentes de trânsito. “Isso se eles participarem do treinamento e forem aprovados”, alertou Jonei.

Os funcionários deverão ser treinados sobre legislação municipal, critérios de funcionamento do serviço de estacionamento público pago, Código de Trânsito Brasileiro e reconhecimento de marcas e modelos de veículos para correta identificação.

O futuro rotativo prevê a criação de 2.186 vagas de estacionamento pagos, sendo 1.767 para carros e 419 para motos. A cidade será dividida em áreas verde e azul.

De acordo com o edital, na área verde, carros pagam R$ 2 na primeira hora e motos R$ 0,50 nas duas primeiras horas.

Já na área azul, a tarifa de automóveis será de R$ 2,50 na primeira hora. O valor cobrado de motos também será de R$ 0,50, mas já na primeira hora e não em duas horas, como na área verde.

Ultimas Notícias
Ultimas Notícias