qua 12/junho/2024 16:39
Pesquisar
Close this search box.
Capa
Geral
Cachoeiro
Política
Oportunidade
Saúde
Educação
Economia
Agro
Segurança
Turismo
Esporte
DiaaDiaTV
Publ. Legal
Mundo Pet
Cultura
Raul foi homenageado em Cachoeiro quando completou 90 anos. Foto: Divulgação

Luto oficial de três dias em Cachoeiro pela morte de Raul Sampaio

redacao
Redação Dia a Dia

O prefeito de Cachoeiro Victor Coelho decretou luto oficial de três dias pela morte do cantor e compositor Raul Sampaio, ocorrida na noite de quarta-feira (26).

O decreto foi publicado em edição especial do Diário Oficial lançado nesta quinta-feira (27), que pode ser visualizado aqui.

No texto do decreto, fica ressaltado que Raul Sampaio dedicou “toda a sua vida à construção do bem comum, tendo marcado de forma indelével sua passagem pela vida pública, com realizações na área cultural de valor inestimável para a coletividade”.

Victor Coelho ressaltou que o artista soube como ninguém exaltar o nome da cidade na canção ‘Meu Pequeno Cachoeiro’, que virou hino oficial e ficou nacionalmente conhecida na voz de Roberto Carlos.

“Por tudo que Raul foi e sempre será para Cachoeiro, para a música brasileira e para a cultura, decretamos luto oficial de três dias. Uma forma de dizer: muito obrigado, Raul; Cachoeiro não vai se esquecer de você!”, afirmou.

 

Autor de mais de 200 canções

Nasceu em 6 de julho de 1928, em Cachoeiro, sendo filho do construtor José Cocco e de Fany Sampaio Cocco. Raul é autor de mais de 200 canções, muitas delas gravadas por intérpretes famosos, como Erasmo Carlos, Paulinho da Viola, Elza Soares, dentre vários outros. Uma de suas composições mais conhecida, “Meu Pequeno Cachoeiro”, se tornou hino oficial do município, em 1963, e foi gravada com sucesso por Roberto Carlos, em 1970. O hino oficial do Estrela do Norte Futebol Clube também é de sua autoria.

De acordo com o Dicionário Cravo Albin da Música Polar Brasileira, Raul cresceu em sua cidade natal, junto aos irmãos Domingos, Ruth e Fanny. Na infância, gostava de pular muros de quintais e de subir no jenipapeiro no pátio do colégio Liceu Muniz Freire. Em meados da década de 1940, participou de serenatas com amigos e freqüentou programas da rádio ZYL-9, a única emissora de Cachoeiro de Itapemirim na época. Estudou nos colégios Graça Guardia, Bernardino Monteiro e na Escola Técnica de Comércio de Cachoeiro. Seus primeiros versos tinham estilo parnasiano.

Raul Sampaio Cocco era sobrinho do maestro Raul Gonçalves Sampaio e primo do cantor e compositor Sérgio Sampaio – essa relação familiar foi retratada no documentário “Cachoeiro em Três Tons”, lançado na década 1990. Nos últimos anos de sua vida, passou a residir em Marataízes.

Em 2018, quando completou 90 anos, ele foi o tema da Festa de Cachoeiro, sendo homenageado com o lançamento de um selo postal e do CD “90 anos Raul Sampaio Cocco – Doce terra onde nasci”, no qual foram incluídas 12 de suas composições.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Leitores também comentam…
casal-morto-castelo-11-06-2024

Mistério em Castelo. Casal é morto a tiros dentro de apartamento

policia-federal-correios-11-06-2024

PF investiga desvio de mercadorias em agência dos Correios de Iconha

vereador morto-kennedy-11-06-2024

Polícia prende 5 e está atrás de mandante da morte de vereador de Kennedy

festival-festa-cachoeiro-10-06-2024

Festival leva variedade de comida, bebida e artesanato à Festa de Cachoeiro

Posto-Justica-trabalhista-do-trabalho-Mimoso

Audiência debate possível fim do posto da Justiça Trabalhista de Mimoso

vargem-alta-c-10-06-2024

PSB apresenta pré-candidatos e debate eleições 2024 em Vargem Alta

Casagrande-EmpregaJUV-10-06-2024

Governo lança programa com 1.120 vagas para qualificação de jovens

mimoso-do-sul-vista-aerea-panorama-05-06-2024

Mais de 200 vagas de emprego para moradores de Mimoso do Sul

Leia mais