Sede da Polícia Federal em Brasília. Foto: Marcello Casal Jr./ABR

Ministro confirma concurso com 2 mil vagas na Polícia Federal

Ministro confirma concurso com 2 mil vagas na Polícia Federal
Erika Santos

O ministro da Justiça e Segurança Pública, André Mendonça, confirmou que a Polícia Federal vai realizar concurso com 2 mil vagas efetivas para níveis médio e superior. A afirmação foi feita durante entrevista à Jovem Pan na última sexta-feira (31). “Nós vamos ter o maior efetivo da história da Polícia Federal, justamente para o combate da criminalidade organizada”, destacou.

Os salários na Polícia Federal para a área policial variam de R$ 12 mil a R$ 23 mil, de acordo com a função pretendida. Já no setor administrativo, os ganhos oscilam entre R$ 4 mil e R$ 7 mil. Ainda não há data definida para a divulgação do edital.

Entre os objetivos do ministro da Justiça estão melhorar a segurança nas áreas de fronteira e na Amazônia Legal, no combate à criminalidade ambiental e ao desmatamento.

André Mendonça, ministro da Justiça. Foto: Alan Santos/PR

De acordo com o Ministério da Justiça, 1.508 vagas foram solicitadas em dois pedidos de concurso para a Polícia Federal, com o objetivo de suprir o déficit de servidores até 2022.

O último concurso para a Polícia Federal aconteceu em 2018, quando foram ofertadas 500 vagas de delegado, escrivão, papiloscopista, agente e perito criminal. Pouco depois de tomar posse, o presidente Jair Bolsonaro autorizou que mil candidatos aprovados neste certame fossem chamados para tomar posse.

Preparação

Os interessados em participar do concurso devem se preparar porque o processo é longo. Primeiro é preciso fazer provas objetiva e discursiva. Depois é realizado o teste de aptidão física para quem for aprovado na primeira etapa. Posteriormente ainda são realizados avaliação médica, psicológica e de títulos. Para o cargo de delegado, há ainda uma prova oral. Para o de escrivão é necessário realizar um teste de digitação.

Ao final das provas, os aprovados passarão ainda por um curso de formação antes do ingresso na corporação, na Academia Nacional de Polícia, em Brasília, em regime de internato, com duração de seis meses.

Vagas que foram solicitadas

• Delegado da Polícia Federal: 100 vagas
• Agente da Polícia Federal: 540 vagas
• Escrivão da Polícia Federal: 300 vagas
• Papiloscopista Policial Federal: 60 vagas
• Administrador: 21 vagas
• Arquivista: 8 vagas
• Assistente social: 10 vagas
• Bibliotecário: 1 vaga
• Contador: 9 vagas
• Economista: 3 vagas
• Enfermeiro: 3 vagas
• Engenheiro: 1 vaga
• Estatístico: 4 vagas
• Farmacêutico: 1 vaga
• Médico: 65 vagas
• Nutricionista: 1 vaga
• Odontólogo: 11 vagas
• Psicólogo: 5 vagas
• Técnico em Assuntos Educacionais: 13 vagas
• Técnico em Comunicação Social: 3 vagas
• Agente administrativo: 349 vagas

Ultimas Notícias