Ônibus do Hemoes coleta sangue para doação de medula óssea em Cachoeiro

Ônibus do Hemoes coleta sangue para doação de medula óssea em Cachoeiro

Neste sábado (16), o ônibus itinerante do Centro de Hematologia e Hemoterapia do Espírito Santo (Hemoes) realizará, em Cachoeiro de Itapemirim, campanha de coleta de sangue para cadastramento de doadores de medula óssea.

O ônibus ficará de 9h às 15 horas, na Praça Jerônimo Monteiro, Centro.

Nelson Cunha, pai de Anna Luísa Trugilho da Cunha, 13 anos, portadora de leucemia mielóide aguda, aguarda uma medula compatível, considera a campanha muito importante.

“Apoiamos essa ação buscando trazer mais pessoas para esse cadastro. Pode ser que não consigamos para minha filha, mas se outra pessoa for beneficiada, terá valido a pena”.

Ele diz que os exames da filha já foram feitos e que agora a família está aguardando um doador compatível. “Estamos em São Paulo para uma avaliação da Anna Luísa, mas sábado estaremos em Cachoeiro para essa campanha tão importante”.

Os doadores devem levar documento oficial com foto e não podem ser portadores de doenças autoimunes ou infecciosas. A expectativa é de que 200 pessoas se cadastrem.

Segundo dados do Hemoes, até dezembro de 2018 havia 144.238 doadores cadastrados no Registro Nacional de Doadores Voluntários de Medula Óssea (Redome), no Estado.

Cristina França, enfermeira do Hemoes, diz que a primeira busca de compatibilidade é feita na família do paciente. Caso não haja doadores aparentados, recorre-se ao Redome. Cruzam-se os dados do Redome e do Registro de Receptor de Medula Óssea (Rereme).

A enfermeira relata que no segundo semestre do ano passado, quatro doações foram efetivadas. Ela conta que a principal dificuldade são recursos humanos para localizar os doadores compatíveis, que muitas vezes não mantêm os dados atualizados no site do Redome.

“Às vezes mudam telefone, endereço físico e eletrônico e não comunicam. Aí não temos como localizá-los mais”, explicou.

Cristina diz que os dados do doador ficarão no cadastro do Redome. “Após isso, ele só será acionado quando aparecer um paciente com a medula compatível. Sua medula óssea irá se recompor em apenas 15 dias”.

 

SAIBA MAIS

  • Ônibus Hemoes
  • Sábado (16), de 9h às 15 horas, na Praça Jerônimo Monteiro, Centro

 

Para se tornar um doador de medula óssea é necessário:

  • – Ter entre 18 e 55 anos de idade.
  • – Estar em bom estado geral de saúde.
  • – Não ter doença infecciosa ou incapacitante.
  • – Não apresentar doença neoplásica (câncer), hematológica (do sangue) ou do sistema imunológico.
  • – Algumas complicações de saúde não são impeditivas para doação, sendo analisado caso a caso.

Entre para nosso clube de leitores DiaaDiaES.

Cadastre o seu email e acompanhe todo o nosso conteúdo, além de materiais exclusivos a assinantes.

Nos comprometemos a jamais enviar qualquer tipo de spam para sua caixa de entrada.

mersin escort bayan - escort eskişehir - Meritroyalbet - nakitbahis.club - Vippark - winyou.club -

Betexper

-
betsatech.com
- Betgaranti giriş - piabet.biz -

grandbetting güvenilir mi