sex 24/maio/2024 06:57
Pesquisar
Close this search box.
Capa
Geral
Cachoeiro
Política
Oportunidade
Saúde
Educação
Economia
Agro
Segurança
Turismo
Esporte
DiaaDiaTV
Publ. Legal
Mundo Pet
Cultura
A enigmática montanha brasileira. Foto: Divulgação

Sobre Homens e Montanhas: A Pedra da Gávea

marcio_nascimento2
Marcio do Nascimento Santana
Pedra da Gávea ao por do sol. De longe seu formato de gávea dos navios fica mais evidente. Foto: Divulgação

Era possível que quando os montanhistas estivessem prontos, a  montanha não estivesse

Anatoli Boukreev

 

A Pedra da Gávea

A Pedra da Gávea dispensa qualquer apresentação. Ela é considerada o maior monólito à beira mar do mundo. Ou seja a maior montanha litorânea de toda a Terra e que se eleva a mais de 847 metros de altitude.

Por possuir uma posição geográfica privilegiada e por conta de sua proeminência topográfica, sempre foi uma referencia para os pescadores e navegadores ao longo da história.

Seu primeiro avistamento oficial por povos civilizados ocorreu em  1º de janeiro de 1502, pelos portugueses ao chegarem próximo da entrada da Baía de Guanabara. Sua colossal presença chamou a atenção de imediato  dos marinheiros, uma vez que o seu cume se assemelhava à um cesto de gávea, que seria o nome do posto de observação localizado no alto do mastro principal de suas caravelas, e com esse nome, Gávea, a batizaram, e é chamada assim até os dias de hoje.

Essa montanha e tão emblemática que já foi cenário de filmes de Roberto Carlos e dos Trapalhões.

 

Mistérios Arqueológicos e lendas

As lendas sobre essa magnifica montanha começaram a tomar forma no início do século XIX, quando o padre Benigno da Cunha apresentou ao imperador D. Pedro I um relatório historiográfico afirmando que existia um rosto de um um rei esculpido na pedra acompanhado de estranhas inscrições próximo a sua coroa.

 

O rosto do Rei e as Inscrições segundo o relatório do Padre Benigno da Cunha. Foto: Divulgação

E em 1839, o Instituto Histórico e Geográfico do Brasil em sua 8ª Sessão Extraordinária formou uma comissão cientifica para estudar a Pedra da Gávea e sua inscrições. Liderada pelos historiadores Manoel de Araújo Porto Alegre, J. Cunha Barbosa e o Capelão Imperial J. Rodrigues Monteiro, a expedição subiu e desbravou os rincões de toda a montanha, cada pedra foi minuciosamente estudada, registrando todas as inscrições e chegaram a seguinte conclusão, expressa em relatório:

É uma das montanhas do litoral do Rio de Janeiro, ao sul da Barra, possuindo uma inscrição com caracteres fenícios, já há muito destruídos pelo tempo e que revelam grande antiguidade”.

Mesmo com tal descoberta, o assunto ficou esquecido ate o ano de 1931, quando foi formada uma segunda  expedição de cientistas  com o intuito de subir a montanha para averiguar melhor as inscrições e tentar localizar o túmulo do Rei Badhezir. O que motivou tal tentativa foi o fato de um rabino versado em línguas antigas ter desbravado a rocha e  interpretou as inscrições, e o que elas significam: “TYRO, PHENICIA, BADHEZIR, PRIMOGÊNITO, JETHBAAL”. Traduzindo: Tiro, Fenícia, Badhezir Primogênito de JethBaal. Ou seja as inscrições na cabeça da Pedra da Gávea, segundo o rabino e alguns pesquisadores, foram comprovadamente, feitas pelos povos Fenícios.

As Inscrições fenícias, que foram traduzidas. Foto: Divulgação

 

Rei Fenício

Esse rei fenício chamado Badhezir viveu em 856 antes de Cristo, que segundo a história substituiu o Rei JethBaal, o seu pai, no trono real de Tyro. E que nos leva a acreditar que os Fenícios realmente estiveram no Rio cerca de 800 anos antes de Cristo, devido ao fato de serem eles os reis dos mares na antiguidade e que a Pedra da Gávea seria uma tumba onde Badhezir ou o seu pai JethBaal estaria enterrado, e que as feições humanas moldadas na pedra seriam o rosto de Badhezir ou JethBaal.

E o que motivou os Fenícios a virem para o Brasil? Badhezir junto com sua expedição teria  a intenção de fundar uma colônia no litoral ocidental da África, mas ao chegar à Cabo Verde, fortes correntes marinhas poderiam ter desviado a frota do seu objetivo. Logo, desorientados, seguiram navegando na direção das correntes até que chegaram ao Brasil. Ou seja poderia ser uma  descoberta acidental, teoria  sustentada por muitos Historiadores. E que o próprio Rei Badhezir teria morrido nesta expedição. Passando pelo Rio de Janeiro, seus súditos se depararam, acidentalmente, com a impressionante imagem do gigante de Pedra e concluíram que ali seria o local ideal para servir de descanso eterno ao seu Rei. E uma vez sepultado, esculpiram na rocha as famigeradas inscrições.

 

A Gruta Suspensa

Em 1946, os escaladores do  Centro Excursionista Brasileiro, em uma de suas escaldas, descobriram uma gruta suspensa no meio do paredão do lado direito da cabeça. Feito inédito, revelando  mais um enigma que essa montanha esconde. Foi uma empreitada  muito arriscada para aquela  época, devido à dificuldade de se atingir o local. Qualquer erro representaria uma queda fatal de 20 metros de altura para todos os membros que integravam aquela expedição. Segundo alguns exotéricos o local seria um portal para o Reino da Agharta, que seria um imenso império subterrâneo desenvolvido e místico com milhões de km², e teria milhões de habitantes espalhados por várias grandes cidades. Um lugar magico.

A Gruta suspensa, a ultima grande descoberta dos segredos da Pedra da Gávea no século XX. Foto: Divulgação.

 

OVNs e avistamentos

Existe um vasto  número de relato de pessoas que avistaram discos voadores sobrevoando a montanha. Inclusive existem  fotos feitas em 1952 por jornalistas da extinta Revista “O Cruzeiro”, que registraram estranhos objetos no topo da pedra e que foram submetidas por análises de diversos técnicos em fotografias, e chegaram à conclusão que as fotos  eram legítimas. Que não houve manipulação nesses  registros.

Fotos que registram objetos voadores não identificados sobre a Pedra da Gávea. Fonte: Arquivo Nacional

 

Conclusão

De todas as  expedições oficiais que fizeram o levantamento científico da Pedra da Gávea  no século XX, com exceção daquela que descobriu a gruta suspensa, nada de importante foi realmente encontrado. Os cientistas atuais, munidos de uma tecnologia mais moderna de prospecção e analise, chegaram a uma conclusão, que todas essas historias são fantasiosas, entre eles, geólogos, arqueólogos, historiadores…Afirmando que a imagem do rosto e as inscrições são frutos da erosão e da imaginação do homem.

Porem vale destacar que as fotos dos OVNIS em 1952, além de provas  incontestáveis, são os primeiros registros oficiais de disco voadores no Brasil, e que atualmente a Pedra da Gávea é a montanha que detém o título de campeã brasileira em acidentes fatais. Talvez seria fruto da maldição imposta pelo Rei Badhezir às pessoas que tentam violar seu descanso eterno.

 

Para subir

Para se aventurar pela Pedra da Gávea e preciso ter um bom condicionamento físico pois a caminhada dura, em média, cinco horas, e uma trilha considerada difícil e possui mais de 800 metros de desnível e muitos trechos verticais expostos. Onde já foram registrados casos de acidentes e até mortes.

A recomendação é ir com um guia experiente, levar equipamento de segurança de escalada e evitar grupos muito numerosos de pessoas. Usar vestimenta adequada, mochila com água, alimento e kit de primeiros socorros. A vista é magnifica.

Para frente e para o alto;

Montanha Brasil.

Para saber mais

 

Marcio do Nascimento Santana, Historiador com formação em Arqueologia, Montanhista e membro do Instituto Histórico e Geográfico de Cachoeiro de Itapemirim
culto-mimoso-23-05-2024

Mimoso do Sul: Culto de ação de graças marca 60 dias da enchente e faz homenagem às vítimas

prisao-presidente-kennedy-22-05-2024

Homem é preso após simular acidente de trânsito para matar desafeto em Presidente Kennedy

Baile de Gala 2023b-22-05-2024

Sob nova direção, Caçadores Carnavalescos promete um Baile de Gala inesquecível

roberto-valadao-b-22-05-2024

Governador e prefeito de Cachoeiro decretam luto de três dias pela morte de Valadão

bonecos-croche-presidio

Detentos capixabas produzem bonecos de super-heróis para crianças vítimas da chuva em Mimoso

roberto-valadao-22-05-2024

Cachoeiro perde Roberto Valadão, um de seus filhos mais ilustres

posto-oasis-lacrado-c-15-05-2024

A prefeitura estaria infringindo a lei se renovasse concessão do Posto Oásis, afirma procurador

frio-parque-nacional-caparao-21-05-2024 (1)

Frio abaixo de zero e geada transformam paisagem do Parque Nacional do Caparaó

Leia mais