quinta-feira - 15 de abril de 2021
Jornal Dia a Dia – Notícias do Espirito Santo e do Brasil
Praia de Castelhanos, um dos pontos turísticos de Anchieta. Foto: Prefeitura de Anchieta

Setur recomenda cuidados extras nos passeios de fim de ano

A Secretaria de Estado de Turismo (Setur) se prepara para o lançamento da Operação Verão com uma preocupação clara: evitar acidentes com turistas no Espírito Santo. De acordo com o secretário Dorval Uliana, no Brasil uma ocorrência deste tipo é registrada por dia, situação que se agrava com a chegada do verão.

Muitas dessas práticas turísticas incluem algum tipo de risco e o objetivo é evitar afogamentos e acidentes no mar, rio ou em cachoeira, em voo livre, passeios de bicicleta ou mergulho.

A Setur recomenda que durante os passeios de verão, os turistas mantenham o distanciamento social e usem máscaras. Segundo o secretário, a orientação é que o turista busque praias mais isoladas e evite points de aglomerações em função da pandemia do novo coronavírus.

Em entrevista ao Dia a Dia ES, Dorval Uliana também recomenda aos turistas que contratem empresas que possuam o Selo Turismo Limpo, Seguro e Responsável e registro no Cadastur, sobretudo para quem for contratar serviços de transporte, evitando com isso a circulação de ônibus clandestinos. “Buscar a opção mais barata de transporte não é opção”, destaca Dorval Uliana.

O verão está chegando e é uma época em que as pessoas costumam sair mais de casa. Mas estamos numa pandemia. Neste caso, é preciso ter algum tipo de cuidado ao fazer passeios aqui no Estado?

Dorval Uliana – Estamos recomendando sim. Acabei de chegar de uma reunião importantíssima, foi a segunda nesta semana, em que estamos discutindo a Operação Verão. Uma coisa que nos preocupa muito é a segurança nas práticas do turismo. Temos um índice assustador no Brasil que é uma morte de turistas por dia em média, de acidentes de turismo. Estamos unindo todas as autoridades que orientam as práticas seguras do turismo para que isso seja reforçado.

Não tem coisa pior do que sair de férias, para o seu lazer, nos lugares mais bonitos e amados por nós e acontecer um acidente fatal ou que deixe sequelas para o resto da vida.

Este índice de uma morte por dia em acidentes com turistas se refere a que tipo de atividades?

Acidentes e afogamentos no mar, rio ou em cachoeira, em voo livre, passeios de bicicleta ou mergulho. Muitas dessas práticas têm algum risco e isso nos preocupa muito. Nós do governo do Estado buscamos coordenar todas essas ações junto às autoridades, ao pessoal do meio ambiente que faz a gestão dos parques, Corpo de Bombeiros, os municípios que dão apoio com os guarda-vidas. Esse é um assunto que tratamos com muita seriedade.

Dorval Uliana é secretário de Estado de Turismo. Foto: Setur

Esse é um aspecto: essa recomendação para que o turista se comporte e o empreendedor também siga as exigências legais. Isso é muito importante.

Um outro aspecto é com relação à pandemia. Os dados atuais são preocupantes e avançaram todos os estudos da área da saúde para o verão. Então, vamos reforçar ainda mais os cuidados à proteção sanitária, distanciamento social e uso da máscara especialmente.

O Espírito Santo é um lugar lindo e rico em oportunidades para se fazer o seu lazer e o seu passeio. Busque aquela praia isolada, que não tenha aglomeração, evite os points. Evita também atividade noturna e shows clandestinos porque os grandes eventos estão com restrições de realização.

E que os turistas busquem aquelas empresas que adotaram o selo proposto pelo Ministério do Turismo com os estados, com a Secretaria do Turismo. É o Selo Turismo Limpo, Seguro e Responsável. Ele é para todas as empresas que estão no Cadastur. Ali elas baixam uma série de protocolos recomendatórios de proteção.

A gente não imagina o quanto é diferente um hotel de um restaurante, de um passeio de lancha, de uma prática de voo livre. É preciso tomar cuidados específicos. São práticas de turismo diferente que exigem protocolos específicos.

Mais de 500 empresas já adotaram o selo no Estado para 15 atividades turísticas diferentes. Para todas elas temos um conjunto de recomendações a serem adotadas pelas empresas para justamente dar ao turista mais segurança de que elas seguem determinadas normas. Tudo isso é importante ser observado e que o turista busque contratar empresas que possuam este selo.

Tirando o fator Covid-19, alguma orientação especial para quem mora no Espírito Santo e pretende pegar a estrada para alguma região turística? Algum cuidado especial?

Nossa recomendação é que o turista busque empreendimentos que possam comprovar que oferecem serviços seguros. Evitar o que é clandestino. Principalmente transporte clandestino. É muito importante saber se a empresa tem o Cadastur.
Quem é que poderia imaginar que aquele ônibus (acidente em João Monlevade, MG, em 4 de dezembro) rodando era completamente ilegal, sem manutenção e acontecer o que aconteceu por falta de freio, matando 19 pessoas e deixando dezenas de feridos.
Isso é muito intenso no verão agora. Buscar a opção mais barata de transporte não é opção.

Carregando....

O site do Jornal Dia a Dia ES pode usar cookies para melhorar sua experiência. Você pode optar por sair, se desejar. Aceitar Ler mais...

mersin escort bayan - escort eskişehir - Meritroyalbet - nakitbahis.club - Vippark - winyou.club -

Betexper

-
betsatech.com
- Betgaranti giriş - piabet.biz
%d blogueiros gostam disto: